Casa da Copaíba

MGS-CASA DA COPAÍBA-CROQUI01.jpg


Casa da Copaíba – Brasília.

O cerrado e a Copaíba (árvore de grande porte, de propriedades medicinais e de generosa sombra), assim como a generosa vista da serra em direção ao nascente, foram os pontos de partida do projeto desta casa, construída em condomínio situado a 15 km do Plano Piloto de Brasília.

A residência se desenvolve em torno da árvore, a partir de um bloco térreo em L, configurando um pátio de acesso sombreado. Sobre o bloco em L, no sentido leste-oeste, apoia-se um bloco retangular que abriga a biblioteca. Este bloco suspenso gera o pé-direito duplo do estar (que se integra visualmente à biblioteca), assim como a sombra para o deck que se integra à varanda do térreo e que avança em direção ao cerrado.

O bloco em L abriga na face voltada para o nascente os quartos, a sala e a cozinha, todos protegidos pela varanda, que faz a transição entre o cerrado e os espaços internos e protege os ambientes do sol e da chuva. Os sanitários são dispostos na face oeste, protegendo os quartos do sol poente. Na porção norte do “L” estão situados a área de serviço, o quarto de hóspedes e o espaço multiuso/garagem, conformando o pátio de acesso. Sobre a cobertura do bloco suspenso, que abriga a biblioteca, foi projetado um terraço-jardim, com vista para a serra e toda a paisagem circundante.

Além da Copaíba, a casa é cercada por vegetação típica do cerrado, que foi preservada e orientou a implantação do projeto, contribuindo para o conforto ambiental da residência e do espaço urbano circundante.

A madeira está presente nos principais acabamentos internos da residência: ipê no assoalho, cumaru nas varandas e decks, cedrinho no forro e jequitibá nas esquadrias. O guarda-corpo foi concebido como estante para a biblioteca, mantendo os livros sempre à vista no cotidiano da família, como um permanente convite à leitura.

O painel de azulejos que se observa a partir do pátio sombreado pela Copaíba e instalado na parede de fundo do espaço multiuso, foi criado a partir de mosaico elaborado com as crianças da família, em homenagem e referência a Athos Bulcão e ao colorido da cultura popular de Pernambuco, terra natal dos moradores.


Ficha Técnica:
Casa da Copaíba
Arquitetura: MGS – Macedo, Gomes & Sobreira
Autor: Fabiano Sobreira
Local: Brasília – DF
Projeto: 2010-2012
Construção: 2011-2012
Projetos de estruturas e instalações: SITUARE
Construção: Arnaldo Santos
Fotografia: Joana França

Premiações:
Menção Honrosa – Prêmio IAB-DF – Nova Arquitetura de Brasília 2014

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: